terça-feira, 13 de março de 2012

Embate

Deveras sagaz no olhar,
Deveras loquaz no cantinho da boca.

Uma investida de sobrancelha aqui,
uma tensionar de ombros ali.

Foi o copo cheio de más intenções,
foram as tiradas sarcásticas,
as opniões mordazes,
o punho fechado nas réplicas.

Curti, aprecio uma boa briga,
fazer o quê?

Mas perdi... ( perdi? )

Foi o sorriso...
...me desarmou.

Nenhum comentário: