segunda-feira, 2 de abril de 2012

Ó doce menina

Hoje participei de um amigo secreto de Páscoa, só com ovos, aqui do pessoal do trampo, aonde não entregávamos os Ovos  de Páscoa, mas escondíamos em nossos respectivos setores.

Arroz de festa que sou, tava eu lá! Dae que eu peguei uma colega de trabalho ( uma das únicas no navio pirata da informática ) que além de gentil é linda. A inspiração veio fácil e nada de apresentações tradicionais, revelei meu amigo e dei pistas da localização do Ovo de uma poemada só!

Aqui vai:


Ó doce menina 

Ó doce menina
que um doce me pedes
Singelo é meu doce
e terás o que queres

Ò doce menina
De puro deleite
Escolhi com carinho
chocolate ao Leite

Ó doce menina
Que por um doce veio
Me perdoe a ousadia
Tem avelã de recheio

Ó doce menina
Mais doce agora
É o Grima que guarda
O doce de outrora

Ó doce menina
Que o rosto cintila
Qual é o teu nome?
Teu nome...
...é Camila

by qoelheXXX

terça-feira, 13 de março de 2012

Embate

Deveras sagaz no olhar,
Deveras loquaz no cantinho da boca.

Uma investida de sobrancelha aqui,
uma tensionar de ombros ali.

Foi o copo cheio de más intenções,
foram as tiradas sarcásticas,
as opniões mordazes,
o punho fechado nas réplicas.

Curti, aprecio uma boa briga,
fazer o quê?

Mas perdi... ( perdi? )

Foi o sorriso...
...me desarmou.

Ainda mais vivo

A vida é boa... que final de semana surreal, surpreendente, instigante, quero mais!

Isso dá vontade de escrever...

terça-feira, 6 de março de 2012

Ando mais vivo

Posintão.

Renasci? Redescobri?

Não sei, mas ando mais vivo...

Sei sei, eu escrevo em ondas semestrais anuais, essas coisas... mas a constância não habita em mim, fazer o quê?

Porra, acabei de ter idéias... e olha, uma idéia razoavelmente constante: desafiar!

Bela frase: "a constância não habita em mim"... escreva, publique no seu blog e cole ae nos comentários o link...